Abis Benefícios

Tampa do Tanque de Combustível e de Óleo do Motor: Quando é Necessário Trocar?

Tampa do Tanque de Combustível e de Óleo do Motor: Quando é Necessário Trocar?
Imagem da internet

Compartilhe nas redes!

Tampas do tanque de combustível e de óleo do motor são componentes frequentemente negligenciados por muitos motoristas. Muitas vezes, essas peças são entregues ao frentista do posto de gasolina sem uma segunda reflexão. No entanto, essas tampas podem esconder problemas que afetam a eficiência e a segurança do veículo. Neste artigo, exploraremos a importância da manutenção dessas tampas e quando é necessário considerar a troca.

Tampa do Tanque de Combustível:

As fabricantes de tampas recomendam a troca preventiva a cada dois anos ou a cada 40.000 quilômetros rodados. Isso ocorre porque a tampa do tanque de combustível está sujeita a desgaste e deterioração ao longo do tempo. Com o passar dos anos, essas peças podem apresentar problemas de vedação, o que pode resultar em vazamentos, evaporação de combustíveis ou entrada de impurezas durante uma lavagem. Lavadoras de alta pressão em lava-jatos, por exemplo, podem permitir a entrada de água no tanque se a tampa não estiver vedando adequadamente. Esses problemas não apenas podem causar manchas na carroceria devido a vazamentos, mas também aumentar o consumo de combustível.

Tampa do Óleo do Motor:

O mesmo princípio se aplica à tampa do óleo do motor. Se houver vazamentos nessa região, o nível de óleo pode diminuir, resultando em contaminação do lubrificante e outros problemas.

Sinais de Problemas:

  • Verifique se a região do bocal do tanque de combustível apresenta cheiro de combustível após o abastecimento.
  • Observe se a tampa do tanque não faz mais o “clique” característico que indica o travamento após o abastecimento.
  • No caso da tampa do óleo, esteja atento a qualquer vazamento de óleo ao redor da tampa.

Recomendações do Manual do Proprietário:

Embora as fabricantes de tampas recomendem a troca preventiva, é importante notar que o manual do proprietário sugere apenas que o motorista inspecione o item. No entanto, a troca preventiva é altamente recomendada para garantir o funcionamento adequado dessas peças essenciais e, por conseguinte, manter a eficiência e a segurança do veículo.

Embora possa parecer que as tampas do tanque de combustível e de óleo do motor sejam componentes simples e fáceis de negligenciar, elas desempenham um papel fundamental na operação eficaz do veículo. Vazamentos, falta de vedação e outros problemas podem resultar em consequências indesejadas, incluindo manchas na carroceria e aumento do consumo de combustível. Portanto, seguir as recomendações do fabricante e realizar a troca preventiva a cada dois anos ou 40.000 quilômetros rodados é uma prática que pode prolongar a vida útil do veículo e garantir uma experiência de direção segura e eficiente. Fique atento aos sinais de problemas e não subestime a importância de manter essas peças em boas condições.

4.5/5 - (2 votes)

Compartilhe nas redes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

💬 Precisa de ajuda?